De Helena a 3 de Dezembro de 2008 às 15:01
Lamento tanto o sofrimento que estão a passar. Desejo, muito sinceramente, as melhoras de sua Mãe. E para si desejo que não se vá abaixo, tem de ser forte para ajudar a sua Mãe a vencer esta batalha, é duro, é difícil, é triste, é desgastante a doença e a impotência que se sente por se ver a pessoa que amamos a sofrer, mas tem que ser forte e chorar depois, mais tarde. Não pode reclamar a presença mais assidua do seu filho? Talvez lhe fizesse bem, a si e à sua Mãe. Pense que depois de tantas tormentas, certamente, melhores dias virão. Se puder, vá dando notícias. Vai ver que não tarda nada o Sol brilhará. Um beijinho cheio de ternura para sua Mãe e um apertado abraço para si, Helena


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.