Quando eu morrer, dá-me um cravo vermelho, simbolo da liberdade, e leva-me ao mar. Não chores, a vida é o que mais bonito temos e eu procurei sempre viver a minha da forma mais pura possível... Porque sei sorrir e sei chorar... Bem-vindo sejas...
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013
Um ano mais....

 

 
 
 

     A vida é feita de ir e vir e vamos vivendo nos intervalos...

 

 

      Foi sempre desta forma que este blog fez parte da minha vida. Um porto de abrigo para guardar coisas minhas. Palavras, sons, sentimentos. Tudo o que cruzava a minha alma vadia, todas as minhas tristezas, muito mais do que as minhas alegrias. Porque, para viver e saber viver com as minhas mágoas, precisava sempre de escrever sobre elas. E porque, para mim, quando estou feliz não preciso de escrever. Talvez porque não saiba escrever sobre a felicidade. Talvez porque foi tempo demais com a alma negra e o coração partido...

 

     Hoje, estou feliz. Muito, tanto que até estranho e, às vezes, sinto medo. A meu lado uma mulher que reconstruiu o meu coração e me ensinou a gostar novamente, a amar simplesmente e a entregar-me completamente, que me deu uma familia fantástica de gente de bom coração. Nos nossos braços, o nosso meninito mais novo e o meu meninito mais velho. Dois meninos que enchem os nossos corações de luz. E de paz. E de muito amor. E de muita vontade de lutar contra as contrariedades da vida...

 

     Não sou um homem novo, que já vou para velho e as mazelas da vida vão deixando as suas marcas. Mas há coisas novas nesta velha vida, coisas que nos fazem desejar viver mais ainda. Muito simplesmente porque, tal como achei sempre que seria, houve um tempo para estar triste e depois haveria de vir um tempo para estar feliz. E, tal como sempre acreditei, este é o tempo de ser feliz,o amanhã logo se verá...

 

     Nunca esquecerei, no entanto, todos aqueles que cruzaram a minha vida através deste cantinho e, de alguma forma, me deram alento para trilhar este caminho que já vai para sete anos. Porque essa é a idade do blog do homem. Sete anos cumpridos no passado dia 2 de Fevereiro...

 

     Parabéns, meu caro blog, companheiro de tantas andanças, cantinho da minha liberdade, companheiro das minhas mágoas, diario do meu caminho. Hoje como ontem, impõe-se uma canção de protesto para com o estado actual das nossas vidas, registo fiel da minha forma de ver as coisas, de quem não quer deixar para os seus filhos um país moribundo e exangue. Porque estas sanguessugas um dia hão-de desaparecer...

 

     Acordem. Um abraço, companheiros e companheiras. A gente vê-se por aí...

 



vadiado por homem de negro às 00:05
Ligação vadia | Vadia para mim

1 comentário:
De Cançoes dos nossos dias a 8 de Março de 2013 às 02:01
Lido de fio a pavio este blog é uma história. Um hino à sua resiliência. Felicidades, parabéns.

http://www.youtube.com/watch?v=5sd_K6tjhuE&list=UUDqfwLrmqoTkrhig1K_xhLg


Comentar este texto vadio

homem de negro
Procurar vadiagens
 
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Vadiagens recentes

Parabéns...

Minha querida India...

Amor incondicional...

Amor incondicional...

Procurando...

Coisas que eu sei...

Ora pois...

El comandante...

You and I...

...

Até amanhã, camarada...

Um ano mais....

Dias felizes...

O menino e o cão...

Hoje é sexta feira 13...

25 de Abril sempre?

O tempo e saudade...

Olá...

Até já...

Recordar-te...

Vadiagens guardadas

Janeiro 2016

Novembro 2015

Março 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

antros de perdição
sons vadios...

Search Video Codes
blogs SAPO
subscrever feeds