Quando eu morrer, dá-me um cravo vermelho, simbolo da liberdade, e leva-me ao mar. Não chores, a vida é o que mais bonito temos e eu procurei sempre viver a minha da forma mais pura possível... Porque sei sorrir e sei chorar... Bem-vindo sejas...
Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011
9 anos...

 

 

 

 

 

     Dá um  mergulho no mar, companheirito. E volta sorrindo, falando de mil histórias que trouxeste da escola, de coisas parvas que só os meninos entendem, do sorriso de uma menina que quer ser tua namorada, do primeiro beijo na boca que ainda não saiu. Dizes-me "as raparigas não sabem o que querem" e eu sorrio-me por saber que tens tanta razão. E tão cedo ainda...

     Acompanho-te em cada dia, desde aquela hora em que me agarraste no dedo, apertando, e eu chorava de felicidade e murmurava baixinho "meu filho, meu filho". Lembro sempre essa noite e essas lágrimas porque foi o início do nosso caminhar juntos, do querer viver por outro alguém, de deixar de mim para ti, todos os dias, um dia de cada vez. Porque a vida há-de ser sempre uma descoberta e quando estás feliz eu percebo o que é ser feliz...

     E vejo que cresces nas perguntas que fazes. Como no outro dia em que me perguntavas se tinhas nascido pelo barriga da tua mãe ou pela vagina e eu perguntava a mim própria que raio seria feito da cegonha que trazia os bebés de Paris. Ou na semana passada em que perguntavas se podias dar um beijo na boca à tua namorada. Ou hoje quando querias saber se uma rapariga que gosta de outra rapariga é lésbica ou lésmica...

     Raios, atrapalhas-me. Mas fazes-me sorrir. E orgulho-me de de te poder ajudar a crescer. E de ver as tuas (ainda) birras e rir-me delas. E levar-te ao futebol, coisa que adoras. Ou ver um filme juntos embrulhados num cobertor no nosso velho sofá. E levar-te por esses caminhos fora, à descoberta dessa coisa maravilhosa que é a vida. De máquinas em punho, a retratar a torto e a direito, sabendo que estes dias bons e estes bons sentimentos hão-de ser sempre nossos...

     E mais logo quando a noite se fizer dia, hei-de acordar-te de mansinho e dizer-te por entre o abraço que há-de vir:

 

 

 

Parabéns, puto. 9 anos. Brutal. Amo-te...

 

 

 

 

 

  

 



vadiado por homem de negro às 00:30
Ligação vadia | Vadia para mim

1 comentário:
De Helena a 13 de Janeiro de 2011 às 10:01
Muitos Parabéns, para ele e para si.

Que a vida seja generosa e que os caminhos que ele vai traçar não sejam muito sinuosos, ou se o forem, que ele o tenha sempre a si, para o acompanhar a contorná-los e rumar na direcção pretendida, que se quer seja a certa.

Muitas felicidades.

Um beijinho


Comentar este texto vadio

homem de negro
Procurar vadiagens
 
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Vadiagens recentes

Parabéns...

Minha querida India...

Amor incondicional...

Amor incondicional...

Procurando...

Coisas que eu sei...

Ora pois...

El comandante...

You and I...

...

Até amanhã, camarada...

Um ano mais....

Dias felizes...

O menino e o cão...

Hoje é sexta feira 13...

25 de Abril sempre?

O tempo e saudade...

Olá...

Até já...

Recordar-te...

Vadiagens guardadas

Janeiro 2016

Novembro 2015

Março 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

antros de perdição
sons vadios...

Search Video Codes
blogs SAPO
subscrever feeds