Quando eu morrer, dá-me um cravo vermelho, simbolo da liberdade, e leva-me ao mar. Não chores, a vida é o que mais bonito temos e eu procurei sempre viver a minha da forma mais pura possível... Porque sei sorrir e sei chorar... Bem-vindo sejas...
Domingo, 22 de Março de 2009
Faço-me...

 

 

 

 

 

 

Faço-me de pequenas coisas

Do teu abraço ao sair da escola

Da luz da tua gargalhada

Da alegria de jogar à bola

 

Faço-me de coisas simples

Do teu sorriso desdentado

De um filme de bonecos a meias

Do teu olhar de safado

 

Faço-me de coisas giras

De um por do sol vadio

Da estrada partilhar

Do nosso viver sadio

 

Faço-me de coisas meigas

Do teu cheiro a menino

Da musica que queres ouvir

Do teu mundo pequenino

 

Faço-me de coisas vividas

Do mar sempre a cantar

Das fotografias que tiras

Do brilho no teu olhar

 

Faço-me de coisas diárias

Do pequeno almoço de torradas

Da fralda que gostas de cheirar

Das bolachas às carradas

 

Faço-me de ti sempre

Todos os dias sem fim

Do quanto te amo

De tudo seres para mim...

 

 

 

 


sinto-me: Em contraponto...
música: Imortais - Mafalda Veiga

vadiado por homem de negro às 00:00
Ligação vadia | Vadia para mim

4 comentários:
De gi a 23 de Março de 2009 às 22:18
O vadio, apesar de todas as contrariedades, é muuuuiiiito feliz.... porque tem o coração cheio de amor...e o nino é tão só a sua vida!
Abraço amigo, aos dois
gi


De homem de negro a 31 de Março de 2009 às 11:38
Olá...
No meio de algumas coisas menos fáceis, seguramente que existirão sempre muitos pedaços bons de felicidade. É apenas uma questão de os valorizarmos devidamente...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


De Helena a 23 de Março de 2009 às 12:06
Uau é só estilo.
E faz-se também de palavras. E que bonitas!
Um abraço. Um beijinho a sua mãe e espero que esteja melhor.
Helena


De homem de negro a 31 de Março de 2009 às 11:39
Olá...
Seguramente, faz-se muitas vezes de palavras...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


Comentar este texto vadio

homem de negro
Procurar vadiagens
 
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Vadiagens recentes

Parabéns...

Minha querida India...

Amor incondicional...

Amor incondicional...

Procurando...

Coisas que eu sei...

Ora pois...

El comandante...

You and I...

...

Até amanhã, camarada...

Um ano mais....

Dias felizes...

O menino e o cão...

Hoje é sexta feira 13...

25 de Abril sempre?

O tempo e saudade...

Olá...

Até já...

Recordar-te...

Vadiagens guardadas

Janeiro 2016

Novembro 2015

Março 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

antros de perdição
sons vadios...

Search Video Codes
blogs SAPO
subscrever feeds