Quando eu morrer, dá-me um cravo vermelho, simbolo da liberdade, e leva-me ao mar. Não chores, a vida é o que mais bonito temos e eu procurei sempre viver a minha da forma mais pura possível... Porque sei sorrir e sei chorar... Bem-vindo sejas...
Quinta-feira, 19 de Março de 2009
Tardes de encanto...

 

 

A mamã e o Rubi. Dois giraços...

 

 

     Foi à volta de uma mesa que nos conhecemos, foi à volta da mesa que nos voltamos a encontrar. À boa maneira portuguesa, que mata saudades em redor de mesa farta, regada a bom vinho, temperada com sorrisos e companheirismo, o sorriso que encanta o homem e a mamã Dulcilena que nos recebeu a preceito, com mesa digna de reis...

     O repasto ficou por conta da mamã, arroz de cabidela assim-assim, que lhe faltou o vinagre, um tinto de estalo e os doces, tarte de não sei quantos e molotof (acho eu), a fechar condignamente a refeição. A acompanhar, os miúdos, o meu "que está tão grande" e rapidamente desatou a brincar e o da Cristal, muito bem disposto, que a mamã chama de Rubi do Tesouro, a fazer valer a sua presença e a reclamar atenção (vais ser cantor, pá, que não te falta a goela)...

     O Porto foi, como de costume, a cidade que nos juntou, mais precisamente Ermesinde, aquela terra que, segundo dizem, tem muitas gajas boas. Eu vi algumas, fizeram-me companhia e tirei-lhes as medidas. O aprazível Parque de Ermesinde, que até gaivotas tem, um sol de primavera e um lago mesmo a pedir para molhar os pés, tornaram a tarde ainda mais azul, cor que predomina por estas bandas, segundo consta, embora os comensais fossem na sua maior parte do clube da águia. Como tal, até a prenda que o homem levou para mestre Rubi vestir tinha as duas cores, azul e vermelho...

     Valeu meninas, foi muito bom reencontrar-vos, adorei a vossa companhia e curti esse puto sorridente. Foi muito bom ter de novo ao colo um bebé, foi muito bom relembrar o sorriso que encantou o homem desde a primeira vez, foi especialmente bom ver sorrir de boa disposição essa mamã que eu tanto gosto. Pena que a tarde não tivesse sido mais comprida, que muito mais haveria seguramente para conversar e partilhar, mas cada um de nós tinha de ir à vida e a estrada chamava pelo homem...

 

     Até um dia destes. A gente vê-se por aí...

 

 


sinto-me: Eu dou-te o arroz...
música: Porto sentido - Rui Veloso

vadiado por homem de negro às 02:24
Ligação vadia | Vadia para mim

12 comentários:
De Brida a 21 de Abril de 2009 às 00:11
Fiquei com um //grandsorriso... ao ler/ver isto tudooooo!!!!!!!
//beijo inho pra todos :D


De Lobaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa a 27 de Março de 2009 às 17:41
Que lindo menino... deve sair à mãe, certamente...

E a Senhora que o segura... está cada vez mais bonita e jovem.

Beijos a todos.


De Dulcilena a 28 de Março de 2009 às 17:41
Brigada minha kerida... mas é os teus lindos olhos que me vêm assim.
Tenho saudades tuas minha Lobiiiiiiiiiiiiiiiiiiiita.

Beijinhos Dolces em tu


De homem de negro a 31 de Março de 2009 às 11:33
Olá...
São dois verdadeiros bijús, não são?


De Cristal a 19 de Março de 2009 às 20:49
Já sei que vou levar nas orelhas mas meu filhote é lindo não é????? Sai á mãe , foi optimo te encontrar frente e frente oh homem dos olhos verdes e teu filhote está um homem "gande"
Concerteza iremos ter mais destes almoços e pôr a conversa em dia ok???? O próximo é em minha casa .......
Pois , pois Ermesinde tem a fama das gaijas boas e sendo nós de cá "semos" boas como o milho
Adorei, adoreiiiiiiiii ficou ainda mais lindo o rubi com a tua prenda obrigado
Beijos cristalinos


De homem de negro a 24 de Março de 2009 às 12:38
Olá...
A verdade é que quando se está em paz, tudo corre pelo melhor. Mas a verdade é que aquela pinga da mamã era um espectáculo. E o Rubi fica muito bem de camisola vermelha...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


De Helena a 19 de Março de 2009 às 11:43
A vida só faz sentido, ao menos para mim, se for feita de afectos, de sentimentos bons e valores como a amizade, o respeito pelo próximo e o carinho por aqueles que gostamos. Há que valorizar o que temos de melhor. A vida assim é bela. Parabéns por ser assim como é e por nos dar a conhecer esses momentos tão gratificantes da sua vida.
Um beijinho
Helena


De homem de negro a 24 de Março de 2009 às 12:41
Olá...
Tende-se a diabolizar o mundo virtual, mas eu acho que é exactamente como na vida real, algumas pessoas ficam, algumas pessoas vão. Estas são das que valeu a pena ficarem...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


De Dulcilena a 19 de Março de 2009 às 10:49
Olá filhote,

Hó pra mim, toda com o meu Rubi ao colo e que lindo que ele está, é mais uma pedra preciosa que eu tenho.

Como vês filhote em minha casa não falta nada, só falta o dinheiro e o vinagre ... Haaa e a piscina, mas para quem quizer tomar banho, temos o parque que fica mesmo ali ao lado e por pouco não vi o teu meninito a ir de cabeça dar um mergulho, mas o dia também estava lindo e quente, apetecia mesmo dar um mergulho.

Espero em breve, vos receber novamente, pois tenho poucos momentos destes.

Beijinhos Dolces para ti e o pequenino e obrigada por tudo.





De homem de negro a 24 de Março de 2009 às 12:46
Olá...
Ora mamã, por quem sois, nós é que agradecemos o carinho com que fomos recebidos. Aquele vinho é que não me sai da cabeça, tens de me dar o nome...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


De Dulcilena a 26 de Março de 2009 às 12:35
Hó Filhote, já não me lembro muito bem, mas que era Bravo, ai isso era.
Pera, fez-se luz... Acho que era "Quinta Brava", mas eu achei-o tão macio ...

Beijinhos Dolces para o meu filhote lindo de olhos verdes e seu meninito


De homem de negro a 27 de Março de 2009 às 09:40
Olá...
Macio, suave e marrão, era mais uma traulitada e a coisa compunha-se. Já está apontado no meu caderno de alembraduras para um destes dias ir em busca...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


Comentar este texto vadio

homem de negro
Procurar vadiagens
 
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Vadiagens recentes

Parabéns...

Minha querida India...

Amor incondicional...

Amor incondicional...

Procurando...

Coisas que eu sei...

Ora pois...

El comandante...

You and I...

...

Até amanhã, camarada...

Um ano mais....

Dias felizes...

O menino e o cão...

Hoje é sexta feira 13...

25 de Abril sempre?

O tempo e saudade...

Olá...

Até já...

Recordar-te...

Vadiagens guardadas

Janeiro 2016

Novembro 2015

Março 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

antros de perdição
sons vadios...

Search Video Codes
blogs SAPO
subscrever feeds