Quando eu morrer, dá-me um cravo vermelho, simbolo da liberdade, e leva-me ao mar. Não chores, a vida é o que mais bonito temos e eu procurei sempre viver a minha da forma mais pura possível... Porque sei sorrir e sei chorar... Bem-vindo sejas...
Sexta-feira, 13 de Março de 2009
Rola a bola...

 

 

 

     Rola a bola na televisão, como diz a canção, embora seja terça-feira apenas, um Sporting desinspirado e completamente desnorteado sofre golo atrás de golo, entre duas penteadelas do Miguel Veloso e mais uma jogada de aflição. A meia dúzia de gajos presentes no pequeno bar, que avia mines umas atrás das outras, entre amendoins e duas larachas, entreolha-se perguntando como é possível...

     Chovem as bocas, muda aos cinco e acaba aos doze, é realmente mau demais para ser verdade. Toda a gente participa na festa do Bayern, até o Sporting que foi fazer de bombo da festa. Raios partam estes cromos que a trazem toda estudada...

    Saio para a rua, está frio, os dias são já azuis e soalheiros, mas as noites ainda estão de casaco, rola a bola no campo, um vintena de miúdos corre atrás dela, depois de alongamentos, passes, e mais outras cenas deste mundo do futebol. O danado do guarda-redes principal, com nove anos apenas, é mais arrogante e mal-educado que os outros todos juntos, não gosta que lhe chamem frangueiro e responde torto...

     Repouso o olhar sobre a tua figura que, de olhos abertos, absorve tudo o que o rodeia, procura aprender os exercícios que o mister manda. A tua primeira vez num campo de futebol a serio, ainda que pelado, e numa verdadeira equipa de futebol, com regras, disciplina, companheirismo, novos amigos...

     Não demoras a começar a dar à língua com os outros, por alguma razão a tua professora diz que gostas muito de conversar. Lá corres meio desajeitadamente atrás da bola, ainda sem o "jeito" que se precisa, com indicação do treinador para o central ir com calma porque é o primeiro dia. Melhor, com holofotes, baliza e tudo, a primeira noite. Quem sabe se um dia não vais ser como o Jardel a voar sobre os centrais?

     Isso não importa agora, gosto é de ver que, uma vez mais, te adaptas facilmente a uma situação nova, ao pó do campo e às bolas de treino, danadas de rijas e que fazem doer os pés, nada como aquelas macias que temos lá em casa. Apesar das vezes que ainda vieste à rede para me falares. No fim trazes-me um enorme sorriso, um abraço cansado a cheirar a menino, o rosto afogueado. E vê-se pela transpiração que te aplicaste. E que gostaste tanto que queres continuar, tu e mais os novos amigos que vais fazer entre os meninos da escolinha de futebol lá da terra...

     Boa, puto, enches-me de alegria com esse sorriso. Vai lá ganhando então o jeito que essas belezas que estão aí em cima já te esperam e hão-de um destes dias calçar-te os pés. Mas, acima de tudo, sê feliz em cada chuto que deres, em cada amigo que conquistares, em cada golo que marcares, e também nos que falhares, em cada defesa que fizeres. Mesmo quando não ganhares, sê feliz porque muitas vezes, como tantas vezes dizemos um ao outro "o que interessa mesmo é divertirmo-nos..."

 

 

 

 


sinto-me: Está tudo...
música: A corrente do jogo - Cabeças no Ar

vadiado por homem de negro às 17:18
Ligação vadia | Vadia para mim

6 comentários:
De Helena a 16 de Março de 2009 às 15:07
É tão bom, para nós pais, vermos os nossos filhos felizes e a fazerem o que gostam. O futebol exerce um fascínio enorme nos putos, são as defesas que fazem, os golos que marcam, os remates certeiros outros ao lado, o companheirismo, o espírito de equipa, as saídas para jogar no campo dos adversários, saborear as vitórias e gerir as derrotas, tudo isto os faz crescer e faz-lhes bem. E a nós? a apreciarmos a boa jogada, o golo lindo ou a defesa perfeita do nosso futebolista? E as conversas que se têm depois? É bom. O meu filho quando tinha a idade do seu também aprendeu a jogar futebol, num clube cá da terra, foram 4 épocas a disputar o campeonato distrital e tantas histórias, mais tarde deixou para se dedicar a um outro desporto.
Beijinhos para o craque.
Helena


De homem de negro a 17 de Março de 2009 às 11:22
Olá...
A ideia é mesmo essa, pode não correr lá muito bem mas interessa é que se divirtam...
Muita saúde, a gente vê-se por aí...


De anonimo a 15 de Março de 2009 às 19:30
olha quem voltou. sabe sempre bem ter um labrego para te lamechar nao é. minha cara cada um(a) tem aquilo que merece


De homem de negro a 15 de Março de 2009 às 22:34
Deve ser extremamente frustrante vir aqui rondar e continuar a encontrar pessoas que gostam de me visitar e dizer de si, apesar de todas as marradas que levam e de todas as maldades que lhes tentas fazer. Deve ser imensa a dor de corno que te faz cá vir mostrar o azedume que vai no teu mísero ser...
Experimenta ir marrar com o carpinteiro que te talhou a cornadura, pode ser que assim te sintas feliz a dar uso ao invólucro que te reveste essa espécie de cérebro que usas em cima dos ombros...


De Lobaaaaaaaaaaaaaaaaaaa a 14 de Março de 2009 às 10:59
Muito bem, muito bem.

Actividades extra-escolares são sempre saudáveis desde que não sejam em demasia e não roubem tempo à brincadeira (mas o futebol também é e pode ser uma forma de brincar).

E se faz o puto feliz não há que roubar o sorriso no seu rosto... ele que chute, que remate, que corra,... mas que no final se sinta bem com o que faz.

Beijos no puto transpirado e no pai inspirado (e bastante babado...eheheheh).


De homem de negro a 15 de Março de 2009 às 22:23
Olá...
Qualquer das actividades que ele faça passa sempre por ser feita de forma gratificante e com vontade, porque se não for assim não vale a pena o esforço. Mas isso um dia destes saberás por ti mesma...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...


Comentar este texto vadio

homem de negro
Procurar vadiagens
 
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Vadiagens recentes

Parabéns...

Minha querida India...

Amor incondicional...

Amor incondicional...

Procurando...

Coisas que eu sei...

Ora pois...

El comandante...

You and I...

...

Até amanhã, camarada...

Um ano mais....

Dias felizes...

O menino e o cão...

Hoje é sexta feira 13...

25 de Abril sempre?

O tempo e saudade...

Olá...

Até já...

Recordar-te...

Vadiagens guardadas

Janeiro 2016

Novembro 2015

Março 2014

Janeiro 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Julho 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

antros de perdição
sons vadios...

Search Video Codes
blogs SAPO
subscrever feeds